logo festival interarte 01 111416

Mais que um Festival, um ponto de encontro!

Dias 21, 22 e 23 de abril I Gratuito e online

Para artistas, produtores, empreendedores e profissionais das áreas artística, cultural e criativa, estudantes e arte-educadores. 

Sobre o Festival

De 21 a 23 de abril, convidamos artistas, produtores, arte-educadores, empreendedores criativos e culturais, jovens de ensino médio e profissionais da cadeia produtiva da cultura a se somarem a nós para, juntas e juntos, descortinarmos as potências e potencialidades culturais e artísticas presentes no estado de São Paulo.

O Ano Internacional da Economia Criativa para o Desenvolvimento Sustentável não poderia acontecer em momento mais oportuno. A crise sanitária da Covid-19 veio acompanhada de uma crise social, econômica e humanitária sem precedentes. E tem nos mostrado o quanto a arte e criatividade são essenciais para o nosso bem-estar e para a nossa sobrevivência.

Por isso, reconhecemos nela, a cultura, o caminho possível para desenharmos futuros desejáveis, em cumprimento à Agenda 2030 e aos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). E mais do que isso: acreditamos que a promoção da Economia Criativa é força motora para a recuperação econômica pós-pandemia, uma grande oportunidade para impulsionarmos a geração de trabalho e renda.

O Festival InterArte tem como objetivo ampliar a visão sobre o setor cultural, artístico e criativo, e abrir um mapa de oportunidades – profissionais e de negócios – na Economia Criativa do Estado.

Fica o convite para o debate e a celebração, virtuais, afinal a pandemia não acabou.

Por uma curadoria múltipla e diversa

Um festival que se propõe a desvendar os caminhos e desafios da cadeia produtiva da cultura, só poderia cumprir tal objetivo juntando em seu corpo curatorial a mesma diversidade inerente aos segmentos que compõem o vasto campo da Economia Criativa. Não poderia ser diferente! Da capital paulista à região da Cuesta Paulista, de Ribeirão Preto ao Vale do Paraíba, de São José do Rio Preto a Piracicaba, as curadoras e os curadores do Festival InterArte trazem na bagagem (tudo junto e misturado) a viola caipira, a rima do hip-hop, os corredores dos museus e secretarias de cultura, o backstage, a técnica e montagem de eventos, a tecnologia, as manifestações populares, o canto, o verso, a prosa, a educação, a arte.

É a dimensão do encontro, a pluralidade de olhares e o pé no chão nos diversos territórios que nortearam as muitas linguagens e experiências empenhadas na construção e escolha da nossa programação. Cada uma, cada um, cada qual, todas e todos comprometidas e comprometidos em colocar focos de luz para as potências culturais e artísticas de todo o estado de São Paulo.

Quem faz a curadoria

sem titulo 1 125347

Criação e Realização

001 174735 191007

Cultura Periférica, Hip Hop

sem titulo 1 174913 191132

Conteúdo e Mobilização

osni 225204

Políticas Públicas, Cultura Raiz

sem titulo 1 175408 191221

Cultura e Mercado, Música

sem titulo 1 190043 191305

Criatividade, Inovação, Tecnologia

sem titulo 1 193425 191338

Patrimônio Cultural, Arte e Tecnologia

sem titulo 1 125633 191415

Manifestações tradicionais, Festas e Festivais

sem titulo 1 200140 191503

Manifestações tradicionais, Festas e Festivais

Confira a Programação

A Programação é composta por palestras, entrevistas, rodas de conversa, oficinas práticas e atrações culturais. Confira:

Transmissão:

Palestras

2021: ano internacional da Economia Criativa para o Desenvolvimento Sustentável e as perspectivas pós pandemia

O empreendedorismo periférico e a transformação pela música

Rodas de Conversa

11h – Abertura - Prosa com os Curadores

13h – Economia Criativa na prática - pequenas cidades, grandes inspirações

Mediação: Ana Carla Fonseca. Participação: Netto Campos/São Luiz do Paraitinga (SP), Décio Coutinho/Goiânia (GO); Timóteo Farias/Araranguá (SC)

14h20 - Futuro do Trabalho: criatividade e empreendedorismo com resposta ao desemprego

Mediação: Luanda Bonadio Participantes: Ademar Bueno/Junta Comercial do Estado de São Paulo; Bia Fioretti / Empreendedora; Olímpio Neto/ Petit Fabrik

18h30- Políticas Públicas e Sociedade Civil: juntas na promoção da Cultura no interior

Mediação: Osni Ribeiro. Participantes: Bernardo Pellegrini /Secretaria de Cultura de Londrina; Francisco Galvão / Sesc Piracicaba; Jorge Vermelho / Secretaria de Cultura de São José do Rio Preto

22/04 – Quinta-feira

10h- A acessibilidade como propulsora da cultura e de cidades inclusivas

Mediador: Rodrigo Hübner Mendes. Participantes: Claudia Werneck/Escola de Gente; Ricardo Sales/Mais Diversidade

13h- Tecnologia, Inovação e Empreendedorismo

Mediação: Pedro Gravena. Participantes: Kelson Douglas/Vale dos Inconfidentes; Ralph Peticov/Hacktown; Fábio Colombini/Kiduka

16h30- Agregadoras Digitais: como monetizar músicas digitais

Mediação: Fabiane Costa. Participantes: Cris Falcão/Ingrooves; Marcos Chomen/Cd Baby; Arthur Fitzgibbon/ONErpm

17h50- Conteúdos Digitais: gerando valor e influencia artística

Mediação: Luanda Bonadio. Participantes: Hernan Efran/Apoia.se; Luiz Borges/ Podcast Cachaça, prosa e viola; Juliana Rangel/Click Museus

23/04 – Sexta-Feira

10h - Cultura, Turismo e os Consórcios regionais: um olhar para o desenvolvimento a partir da identidade e das tradições locais

Mediação: Davidson Kaseker/SISEM-SP. Participantes: André Barbedo/Campo de Jordão (Mantiqueira Paulista); Luiz Alexandre Mucerino/Cuesta Paulista; Carlos Junior/Vale do Ribeira

11h20- Coletivo é potência

Mediação: Carol Gutierrez. Participantes: Ednusa Ribeiro/Meninas Mahin; Kátya Teixeira/Dandô; Nathalia Fernandes/Fuligem

11h20- Diálogos: é possível preservar as manifestações tradicionais junto às ações de desenvolvimento?

Mediação: Vandreza Freiria. Participantes: Henry Durante/Acervo das Tradições; Aline Damásio/Jongo Tamandaré; Denise Pimenta/Antropóloga

13h20- Arte e Tecnologia

Mediação: Diana Poepcke. Participantes: André Benedito/Laboratório de Inteligências de Redes da Universidade de Brasília; Caio Fazolin/Artista audiovisual, programador, produtor cultural e VJ (Micra); Roberta Carvalho/Artista Visual

16h10- Festas e Festivais: atraindo público e movimentando a economia das cidades

Mediação: Sergio Santa Rosa. Participantes: Jonas e Vitor Pascoalique/Caipora Festival; Nilceu Bernardo/Festa Literária de Lençóis Paulista; Rafael Cursino/Festa do Divino Espírito Santos de São Luiz do Paraitinga

Shows

Em cada dia do evento acontecerá um show com a presença de quatro artistas. Osni Ribeiro, curador musical, trouxe a proposta de unir artistas com composições autorais, de diferentes segmentos musicais e regiões.

Dia 21/04 - 19h50

show3

Banda Seo Antônio/São Manuel; Paulo Viggu/Piraju e Manú Saggioro/Jaú-Bauru; Luiz Perequê/Paraty

Dia 22/04 - 20h10

Show2

Déo Lopes e Victor Mendes/São José dos Campos; Dona Peu/Botucatu; Kris Pires /Araraquara; Bob Vieira/Itapetininga

Dia 23/04 - 19h

show1

Levi Ramiro/Pirajuí; AnoniMetas/Ribeirão Preto; Elena Badari e Luiz Waack/Piracaia e Saulo Ligo/Piracicaba

Oficinas

Entendendo Direitos Autorais na prática

Na oficina você aprenderá como funciona o sistema de gestão coletiva no Brasil e o que deve fazer para ser remunerado com suas músicas.

Dia 21/04 às 15h40

Music Business: a importância do planejamento estratégico na gestão de carreiras artísticas

Nessa oficina, Anita Carvalho apresentará um mapeamento do mercado de empresariamento artístico para em seguida aplicar com a turma sua metodologia de planejamento estratégico para artistas, contando com a participação de toda a turma para a construção de um planejamento ao vivo.

Dia 23/04 às 17h30

Do presencial para o online: o desafio da produção de eventos e apresentações no formato digital

Durante a pandemia, a adaptação de eventos e espetáculos, do presencial para o online, foi inevitável. E a tendência é que esse formato perpetue mesmo no pós- pandemia. Na primeira parte dessa oficina, Silvio Francisco trará a importância da direção artística na construção estética de uma produção digital. Abordará “o que” fazer quando a obra ou apresentação é disponibilizada ao público por meio de diferentes telas. Na segunda etapa, Vitor Zafer irá abordar o “como” fazer, trazendo orientações sobre o uso de equipamentos e ferramentas, de áudio e vídeo, e dicas para uma produção em diferentes ambientes, tais como: princípios da acústica dentro de casa; introdução sobre os formatos de áudio e vídeo e a configuração em aparelhos como celulares, tablets e laptops; técnicas básicas de microfonação e captação de áudio e vídeo; ferramentas para edição e plataformas de distribuição.

Dia 21/04 às 17h10

Narrativas para Internet

Para quem trabalha com audiovisual tradicional, criar para canais digitais como YouTube, Instagram e TikTok é muitas vezes difícil, pois parece igual, mas é bem diferente. Nesta oficina, iremos passar por técnicas e dicas de como pensar e criar narrativas para a internet priorizando o YouTube, mas passando por um pensamento multicanal.

Dia 23/04 às 14h40

Marcas culturais: como posicionar a comunicação e gerar valor a artistas e organizações - uma inspiração do Instituto Baccarelli

Cada vez mais ouvimos sobre o quanto é importante às marcas terem um propósito claro e bem definido. Mas, como comunicar esse propósito, trazendo junto história e trajetória de um organização ou artista? Nessa oficina, Luanda Bonadio apresentará conceitos e estratégias para definição clara do propósito e da identidade de uma marca. Carolina de Salvo apresentará na prática, a trajetória do Instituto Baccarelli, uma marca cultural, e as diferentes estratégias para o posicionamento da sua comunicação, de acordo com o contexto organizacional e momentos históricos.

Dia 22/04 às 14h20

Conheça quem faz o Festival

A realização do Festival InterArte só é possível por meio de uma construção coletiva que une talentos e competências, e o trabalho de artistas, produtores, técnicos e empreendedores. Ao todo, somamos mais de 75 pessoas unidas pelo mesmo propósito. E isso é transformador.

Jana Menegatti

Produção Executiva

Tico Marcondes

Direção Artística e Técnica

Joice Gitahy

Administrativo Financeiro

Edu Barcellos

Direção Cinematográfica

Vitor Lafer

Edição

Francisco Kanaan

Contabilidade e Fiscal

asset 1 183817

Luanda Bonadio

Criação e Realização

Busca, incansavelmente, promover interações entre cultura, sociedade e mercado. Acredita na comunicação como ferramenta de transformação e sua inspiração é contribuir para que as pessoas sejam autônomas, acreditem na criatividade e façam disso, um caminho para a prosperidade! Possui experiência multidisciplinar com mais de 20 anos de atuação nas áreas de Marketing, Comunicação, Cultura e Terceiro Setor desenvolvida em empresas globais, equipamentos culturais e organizações sociais de cultura, em São Paulo e no Rio de Janeiro. Em 2011, viveu uma incrível experiência como bolsista do Programa Iberoamérica, um intercâmbio realizado pelo Ministério de Cultura da Espanha e Universidad Carlos III de Madri, visa ndo à formação em Economia da Cultura de gestores culturais lationoamericanos. Mestre em Gestão Social com pesquisa em Investimento Sociocultural Privado pela PUC-SP e professora de Comunicação e Marketing, em cursos de pós- graduação (COGEAE), na mesma universidade. Como empreendedora criativa, criou o Atitude +, um canal com o objetivo inspirar, informar e compartilhar experiências culturais significativas às pessoas.

Elieser Pereira

Elieser Pereira, é Leser mc, produtor cultural, educador social e músico compositor. Atuante em coordenação de projetos de impacto social com jovens, comunidades e institutos ligados à educação, cultura e arte. Tem dois álbuns musicais autorais gravados, é graffiteiro e produtor de graffiti em projetos de longa escala.
Atua como apresentador de TV no Grupo Thathi de Comunicação no programa Papo de Futuro, gestor e produtor cultural no Instituto SEB. Colaborador presidente na ONG no Projeto Barracão ( Instituto Micael Humano SER ) na favrla do Simioni em Ribeirão Preto.

Carol Gutierrez

Jornalista multimídia, já integrou as equipes do jornal Le Monde Diplomatique e Outras
Palavras. Possui vivência e idealização de projetos no contexto de grandes instituições culturais, como o Sesc SP, Secretaria Municipal de Cultura, Programa de Ação Cultural (ProAC) e Ministério da Cultura, além de ser uma das sócias-fundadoras do Festival CaosArte e do Preto Café.

Osni Ribeiro

Natural de Botucatu/SP, é economista de formação, artista por vocação, produtor e gestor cultural. Como gestor foi secretário municipal de cultura de Botucatu de 2009 à 2016, período que desenvolveu ações e programas de políticas públicas de cultura e entre outras ações implementou o Fundo Municipal de Cultura, criou PIPA, Programa Municipal de Incentivo por meio de editais e o Artista Legal, programa com a intenção de trazer para formalidade artistase produtores culturais. Participou da comissão organizadora da última Conferência Estadual de Cultura e da comissão de elaboração do Plano estadual de Cultura.Como produtor realiza regularmente curadorias e produções especialmente em linguagens que permeiam a cultura caipira: Violas Paulistas (Sesc Pompéia e Araraquara), Viola Caipiracibana (Sesc Piracicaba), Violas e Ponteios (Com A Secretaria de Estado da Cultura), Festival Caipira do Jahú (PM de Jaú) e outros eventos. Foi o criador e produziu 15 edições do Botucanto – Festival Botucatuense da Canção, um dos mais importantes festivais de música do País. Como artista integrou diversas montagens musicais como "Mazzaropi, o Carlitos Caipira”, “Eta Nóis, o encontro”, “Sobre Trilhos e Canções”, “No Coração do Brasil – um tributo à Tonico e Tinoco” e “São Paulo Caipira”. Tem 3 álbuns gravados, o mais recente “Arredores” (2019) e integrou diversas coletâneas, recentemente a coletânea Viola Paulista, pelo selo Sesc (2018). Em 2020 criou, dirigiu, apresentou e editou a websérie Manhã Violeira entrevistando expoentes e emergentes na cena da viola, da música e da cultura caipira.

Fabiane Costa

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Nulla lobortis lacus in pulvinar tristique. Suspendisse vitae blandit justo, in porttitor orci. Nulla vestibulum enim purus, a molestie mi tempor nec. Aliquam erat volutpat. Class aptent taciti sociosqu ad litora torquent per conubia nostra, per inceptos himenaeos. Praesent lacinia, enim in vestibulum pulvinar, justo tortor venenatis magna, a mollis odio sem ut lectus. Vestibulum elementum suscipit orci. Aliquam sit amet pharetra arcu. Etiam sodales eleifend suscipit. Etiam nibh justo, lacinia ut arcu sit amet, dapibus accumsan quam. Cras sagittis ultricies sapien, ut feugiat libero iaculis ac. Phasellus venenatis tincidunt varius. Orci varius natoque penatibus et magnis dis parturient montes, nascetur ridiculus mus. Duis lorem tellus, semper nec est consequat, lobortis pharetra ante. Vivamus nec dolor tincidunt, dictum dui at, consequat est. Aliquam elementum commodo est, eget volutpat mi ultricies ac.

Pedro Gravena

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Nulla lobortis lacus in pulvinar tristique. Suspendisse vitae blandit justo, in porttitor orci. Nulla vestibulum enim purus, a molestie mi tempor nec. Aliquam erat volutpat. Class aptent taciti sociosqu ad litora torquent per conubia nostra, per inceptos himenaeos. Praesent lacinia, enim in vestibulum pulvinar, justo tortor venenatis magna, a mollis odio sem ut lectus. Vestibulum elementum suscipit orci. Aliquam sit amet pharetra arcu. Etiam sodales eleifend suscipit. Etiam nibh justo, lacinia ut arcu sit amet, dapibus accumsan quam. Cras sagittis ultricies sapien, ut feugiat libero iaculis ac. Phasellus venenatis tincidunt varius. Orci varius natoque penatibus et magnis dis parturient montes, nascetur ridiculus mus. Duis lorem tellus, semper nec est consequat, lobortis pharetra ante. Vivamus nec dolor tincidunt, dictum dui at, consequat est. Aliquam elementum commodo est, eget volutpat mi ultricies ac.

Diana Poepcke

Diana Costa Poepcke Historiadora e gestora cultural, atua há mais de 10 anos com patrimônio cultural, museus, arquivos, oralidade e educação patrimonial. É fundadora do MuMan, o Museu da Mantiqueira, um museu virtual que musealiza o patrimônio imaterial da Serra e utiliza dispositivos digitais para criar percursos expográficos pela cidade. (2013). É Licenciada em História pela Universidade Federal de Ouro Preto MG e pós graduada em Gestão Cultural pelo SENAC SP. Estudou Inovação & Empreendedorismo na VU University, em Amsterdã, Holanda (2017). Atualmente é membra do Museum Associations (UK) e está em seu segundo mandato como Representante dos Museus do Vale do Paraíba (SISEM/SP). Atualmente desenvolve projetos com intuito de disseminar os saberes tradicionais a partir de novas linguagens e cria produtos que conectam cidades e comunidades através do patrimônio cultural, a partir da empresa de consultoria ConectaMUS.

Lia

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Nulla lobortis lacus in pulvinar tristique. Suspendisse vitae blandit justo, in porttitor orci. Nulla vestibulum enim purus, a molestie mi tempor nec. Aliquam erat volutpat. Class aptent taciti sociosqu ad litora torquent per conubia nostra, per inceptos himenaeos. Praesent lacinia, enim in vestibulum pulvinar, justo tortor venenatis magna, a mollis odio sem ut lectus. Vestibulum elementum suscipit orci. Aliquam sit amet pharetra arcu. Etiam sodales eleifend suscipit. Etiam nibh justo, lacinia ut arcu sit amet, dapibus accumsan quam. Cras sagittis ultricies sapien, ut feugiat libero iaculis ac. Phasellus venenatis tincidunt varius. Orci varius natoque penatibus et magnis dis parturient montes, nascetur ridiculus mus. Duis lorem tellus, semper nec est consequat, lobortis pharetra ante. Vivamus nec dolor tincidunt, dictum dui at, consequat est. Aliquam elementum commodo est, eget volutpat mi ultricies ac.

Negão dos Santos

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Nulla lobortis lacus in pulvinar tristique. Suspendisse vitae blandit justo, in porttitor orci. Nulla vestibulum enim purus, a molestie mi tempor nec. Aliquam erat volutpat. Class aptent taciti sociosqu ad litora torquent per conubia nostra, per inceptos himenaeos. Praesent lacinia, enim in vestibulum pulvinar, justo tortor venenatis magna, a mollis odio sem ut lectus. Vestibulum elementum suscipit orci. Aliquam sit amet pharetra arcu. Etiam sodales eleifend suscipit. Etiam nibh justo, lacinia ut arcu sit amet, dapibus accumsan quam. Cras sagittis ultricies sapien, ut feugiat libero iaculis ac. Phasellus venenatis tincidunt varius. Orci varius natoque penatibus et magnis dis parturient montes, nascetur ridiculus mus. Duis lorem tellus, semper nec est consequat, lobortis pharetra ante. Vivamus nec dolor tincidunt, dictum dui at, consequat est. Aliquam elementum commodo est, eget volutpat mi ultricies ac.

Vanessa Schütt

Vanessa Schütt trabalha há 11 anos na União Brasileira de Compositores (UBC). Passou pelos setores de licenciamento/digital, Artístico e Repertório (A&R) e agora está como responsável pelo setor de Comunicação da empresa. Começou a carreira na área de direito autoral no escritório do Henrique Gandelman e Marisa Gandelman, onde trabalhou por 10 anos.

Ana Carla Fonseca (Cainha)

Doutora em Arquitetura e Urbanismo, com a primeira tese no Brasil sobre cidades criativas (USP), Mestre com louvor em Administração de Empresas (USP), Administradora Pública (FGV/SP), Economista (USP), com MBA (Fundação Do Cabral), é consultora e conferencista em cinco línguas, 229 cidades e 32 países. Preside a empresa Garimpo de Soluções, pela qual coordenou vários planos estratégicos de economia criativa, no Brasil e no exterior, além de ter atuado para a ONU, o BID e mais de 250 instituições e empresas privadas. Autora de livros pioneiros em economia criativa e cidades criativas, tema do qual é uma das precursoras no mundo, foi agraciada com o Prêmio Jabuti em Economia e finalista em Urbanismo. Venceu o Prêmio Claudia 2013, em Negócios e foi apontada pelo jornal El País como uma das oito personalidades brasileiras que impressionam o mundo.

Evandro Fióti

É‌ ‌recorrente‌ ‌ver‌ ‌o‌ ‌nome‌ ‌de‌ ‌Evandro‌ ‌Fióti‌ ‌relacionado‌ ‌a‌ ‌novos‌ ‌negócios‌ ‌ na‌ ‌música‌ ‌e‌ ‌a‌ ‌ações‌ ‌impactantes‌ ‌no‌ ‌showbiz.‌ ‌É‌ ‌à‌ ‌frente‌ ‌da‌ ‌Laboratório‌ ‌Fantasma,‌ ‌que‌ ‌abriu‌ ‌junto‌ ‌do‌ ‌seu‌ ‌irmão,‌ ‌Emicida,‌ ‌que‌ ‌ele‌ ‌vem‌ ‌ escrevendo‌ ‌história‌ ‌nos‌ ‌últimos‌ ‌10‌ ‌anos.‌ ‌Ao‌ ‌longo‌ ‌desse‌ ‌processo,‌ ‌contudo,‌ ‌Fióti‌ ‌também‌ ‌viu‌ ‌possibilidades‌ ‌para‌ ‌brilhar‌ ‌como‌ ‌artista,‌ ‌para‌ ‌além‌ ‌do‌ ‌business‌ ‌da‌ ‌música.‌ ‌Foi‌ ‌em‌ ‌2016‌ ‌que‌ ‌ele‌ ‌colocou‌ ‌na‌ ‌rua‌ ‌o‌ ‌seu‌ ‌primeiro‌ ‌EP,‌ ‌”Gente‌ ‌Bonita”.‌ ‌Bem-recebido‌ ‌pelo‌ ‌público‌ ‌e‌ ‌pela‌ ‌crítica,‌ ‌o‌ ‌trabalho‌ ‌tinha‌ ‌como‌ ‌objetivo‌ ‌resgatar‌ ‌a‌ ‌auto-estima‌ ‌do‌ ‌povo‌ ‌brasileiro‌ ‌e‌ ‌se‌ ‌desdobrou‌ ‌em‌ ‌uma‌ ‌tour‌ ‌que‌ ‌passou‌ ‌por‌ ‌importantes‌ ‌palcos‌ ‌do‌ ‌país,‌ ‌entre‌ ‌eles‌ ‌o‌ ‌dos‌ ‌festivais‌ ‌Bananada‌ ‌(GO),‌ ‌Rider‌ ‌Dá‌ ‌Pra‌ ‌Fazer‌ ‌(RJ),‌ ‌Satélite‌ ‌061‌ ‌(DF)‌ ‌e ‌ ‌CoMA‌ ‌(DF).‌ ‌Fora‌ ‌do‌ ‌país,‌ ‌representou‌ ‌o‌ ‌Brasil‌ ‌no‌ ‌festival‌ ‌da‌ ‌rádio‌ ‌Funkhaus‌ ‌Europa,‌ ‌em‌ ‌Dusseldorf‌ ‌(Alemanha),‌ ‌e‌ ‌também‌ ‌no‌ ‌Festival‌ ‌Art‌ ‌Basel,‌ ‌em‌ ‌Miami‌ ‌(EUA),‌ ‌onde‌ ‌se‌ ‌apresentou‌ ‌ao‌ ‌lado‌ ‌do‌ ‌rapper‌ ‌norte-americano‌ ‌Twelve’len. ‌ Com‌ ‌o‌ ‌reconhecimento‌ ‌musical‌ ‌e‌ ‌os‌ ‌seus‌ ‌dotes‌ ‌para‌ ‌o‌ ‌negócio,‌ ‌Fióti‌ ‌ também‌ ‌estrelou‌ ‌a‌ ‌campanha‌ ‌‌”Dá‌ ‌pra‌ ‌fazer”‌ ‌Rider‌ ‌(2016),‌ ‌ representando a força do jovem empreendedor brasileiro, veiculadanacionalmente em TV aberta e fechada do Brasil. De 2019 pra cá, o artista reforçou – mais uma vez – o seu talento para criar músicas radiofônicas. No ano passado, liberou o single “Será que Eu Me Permito?”, além da música “Quero Te Ver Bem Amanhã”. Esta última, feita em parceria com Rael e Marisol Mwaba, fez parte de uma campanha da Heineken a respeito do consumo consciente de bebida alcóolica. No começo de 2020, ao lado da banda Tuyo, Fióti colocou mais uma novidade nas rádios do país: “Quando For Falar de Amor”. Seja no agenciamento artístico, nos desfiles de moda da LAB (responsáveis por quebrar padrões da indústria), nas palestras que participa ou com o microfone em cima do palco, Fióti se consolida como uma das principais referências do meio. ‌ representando‌ ‌a‌ ‌força‌ ‌do‌ ‌jovem‌ ‌empreendedor‌ ‌brasileiro,‌ ‌veiculada‌ ‌ nacionalmente‌ ‌em‌ ‌TV‌ ‌aberta‌ ‌e‌ ‌fechada‌ ‌do‌ ‌Brasil. ‌ ‌ ‌ De‌ ‌2019‌ ‌pra‌ ‌cá,‌ ‌o‌ ‌artista‌ ‌reforçou‌ ‌-‌ ‌mais‌ ‌uma‌ ‌vez‌ ‌-‌ ‌o‌ ‌seu‌ ‌talento‌ ‌para‌ ‌ criar‌ ‌músicas‌ ‌radiofônicas.‌ ‌No‌ ‌ano‌ ‌passado,‌ ‌liberou‌ ‌o‌ ‌single‌ ‌”Será‌ ‌que‌ ‌ Eu‌ ‌Me‌ ‌Permito?”,‌ ‌além‌ ‌da‌ ‌música‌ ‌”Quero‌ ‌Te‌ ‌Ver‌ ‌Bem‌ ‌Amanhã”.‌ ‌Esta‌ ‌ última,‌ ‌feita‌ ‌em‌ ‌parceria‌ ‌com‌ ‌Rael‌ ‌e‌ ‌Marisol‌ ‌Mwaba,‌ ‌fez‌ ‌parte‌ ‌de‌ ‌uma‌ ‌ campanha‌ ‌da‌ ‌Heineken‌ ‌a‌ ‌respeito‌ ‌do‌ ‌consumo‌ ‌consciente‌ ‌de‌ ‌bebida‌ ‌ alcóolica.‌ ‌No‌ ‌começo‌ ‌de‌ ‌2020,‌ ‌ao‌ ‌lado‌ ‌da‌ ‌banda‌ ‌Tuyo,‌ ‌Fióti‌ ‌colocou‌ ‌mais‌ ‌ uma‌ ‌novidade‌ ‌nas‌ ‌rádios‌ ‌do‌ ‌país:‌ ‌”Quando‌ ‌For‌ ‌Falar‌ ‌de‌ ‌Amor”.‌ ‌ ‌ ‌ Seja‌ ‌no‌ ‌agenciamento‌ ‌artístico,‌ ‌nos‌ ‌desfiles‌ ‌de‌ ‌moda‌ ‌da‌ ‌LAB‌ ‌ (responsáveis‌ ‌por‌ ‌quebrar‌ ‌padrões‌ ‌da‌ ‌indústria),‌ ‌nas‌ ‌palestras‌ ‌que‌ ‌ participa‌ ‌ou‌ ‌com‌ ‌o‌ ‌microfone‌ ‌em‌ ‌cima‌ ‌do‌ ‌palco,‌ ‌Fióti‌ ‌se‌ ‌consolida‌ ‌como‌ ‌ uma‌ ‌das‌ ‌principais‌ ‌referências‌ ‌do‌ ‌meio.

Anita Carvalho

Anita Carvalho é mestre em Gestão da Economia Criativa pela ESPM, com formação em Música & Negócios pela PUC-Rio e graduada em Administração com foco em Marketing e Gestão do Entretenimento pela ESPM. É sócia da Música & Mídia Produções, empresa de gestão de carreiras artísticas responsável pela carreira do cantor Diogo Nogueira há 13 anos. Atua há 25 anos no mercado da música e é membro do Laboratório de Economia Criativa da ESPM. Apresenta o boletim diário “Criativamente”, sobre economia criativa, na Rádio MIX RIO FM. É coordenadora do Music Rio Academy, onde leciona o curso “Imersão em Music Business”, sucesso de público com oito turmas esgotadas.

Silvio Francisco e Vitor Zafer

Silvio Francisco é pulistano, nascido na década de 60, técnico em eletrônica. Abandonou a faculdade de engenharia, para trabalhar e, posteriormente, transitou pelas áreas de psicologia e ciências sociais. Curioso e autodidata, estudou por conta própria e fez cursos de arte, fotografia, roteiro, operação de áudio, videoman, entre outras atividades ligadas aos universos cultural e artístico, sobressaindo-se por sua habilidade criativa em produção de arte e tecnologia. Seus mestres foram Lala Deheinzelin, Judy Spencer, Danny Nolan, Leonardo Netto, entre outros; teve a honra de trabalhar com Oscar Niemeyer, Eleazar de Carvalho e Rubens Correa. Construiu uma sólida trajetória profissional desenvolvida nas áreas de iluminação (shows, eventos e arquitetura), direção de fotografia e direção artística em eventos culturais e corporativos. Como lighting designer, destacam-se os trabalhos realizados em shows como os de Marisa Monte, Rita Lee, Barão Vermelho, para citar alguns exemplos, e em projetos culturais como “Rumos Sesc” e “Multishow ao Vivo”. Na arquitetura, atuou em importantes projetos de patrimônio material e de urbanismo, distinguindo-se as obras executadas no Memorial da América Latina (SP), no Museu de Arte de Niterói (RJ) e na Passarela Eusébio Matoso, na capital paulista. Na qualidade de diretor artístico e de fotografia, produziu eventos – nacionais e internacionais – para marcas de diferentes segmentos, tais com “Banco do Brasil”, “Natura”, “Boticário”, “Facebook e Instagram”, “Libbs”, “L’Occitane”, “Pirelli”, “Nike”, “Albert Einstein”, “Instituto Sou da Paz”, “Instituto Rodrigo Mendes”, entre outras. Em 2020, em meio à pandemia do Covid-19, Silvio Francisco – que também é poeta e músico amador – lançou o projeto “Desejos, Sonhos e Sensações”, uma websérie com episódios dedicados ao diálogo sobre expressões artísticas e ao compartilhamento de criações autorais, dando visibilidade a artistas e a talentos que vivem no anonimato; atualmente, possui 585 seguidores e um dos episódios obteve mais de 8.400 visualizações. Acesso ao canal exclusivo no YouTube: https://www.youtube.com/channel/UCVzXvQc5W_ALxQ-IzZsJ4ug

Vitor Zafer, ribeirão-pretano nascido em uma família de músicos, é compositor, sound designer e produtor musical de filmes, televisão, jogos eletrônicos, teatro e musicais. Em 2008 formou-se em piano pelo Conservatório Contraponto em 2006, em guitarra pela Universidade Livre de Música (ULM) e ingressou na USP onde formou-se em Educação Musical com habilitação em violino. Em 2011 estudou áudio profissional no Colégio de Aprendizagem Moderna (CAM). Tocou ao lado de grandes artistas como Johny Alf no espetáculo Juão Sebastião Bar em 2004 e Steve Vai na MasterClass SP em 2016. Lecionou como professor convidado na University of Turku e na Rauma Musiikkiopisto (Finlândia), Scuola Comunale di Musica G. Sarti (Itália) e Oficinas Culturais da USP. Participou de diversos festivais internacionais de música na Alemanha, Itália, Finlândia, Estônia e Brasil. Trabalhou em longa metragens para cinema como: Eu Fico Loko (2017) e Tito; os Pássaros (2019) que foi exibido em mais de 60 festivais de filmes (Cannes, Annecy, Chicago, Havana, Annie) e também foi pré selecionado para o Oscar 2019 na categoria de melhor animação; e Reação em Cadeia (2020). Também nas séries de TV: 171 – Negócios de Família pela Universal Channel e Clube da Anittinha (1ª, 2ª e 3ª Temporada) pelo canal Gloob. Atualmente cursa pós-graduação em regência orquestral pelo Instituto Alpha.

M.M. Izidoro+

Além de sócio da Ampère, uma das maiores produtoras de entretenimento sônico do país, M.M. é apresentador, produtor, roteirista, autor e diretor. Um criativo eclético, foi considerado uma das 20 pessoas mais criativas do mundo pela revista AdWeek. Criou a plataforma de saúde mental #EuEstou em parceria com o Facebook Brasil , o podcast de basquete BIG SHOT POD e muitos outros para HBO, Globoplay, Red Bull e 99. Ele é diretor e roteirista do projeto #AmarEloPrisma com Emicida, dos filmes “Amaré” e “O Diabo Mora Aqui”, dos audiolivros oficiais da Saga Harry Potter em Português e também é colunista do ECOA, a plataforma de bem social do UOL.

Carolina de Salvo

Atua no mercado de Comunicação desde 2002 e, desde então, desenvolveu sólida experiência em comunicação estratégica e imagem, relacionamento institucional, produção de conteúdo, planejamento criativo e produção de eventos, com especial dedicação às áreas cultural e social.
Entre os anos de 2002 e 2013 conquistou grande experiência atuando no Instituto Baccarelli, organização não-governamental de ensino de música que criou a primeira orquestra em uma favela em todo o mundo, a Orquestra Sinfônica Heliópolis. Construiu importante relacionamento com a imprensa, patrocinadores, meio musical, governo e comunidade local, posicionando o Instituto no cenário artístico e cultural, gerando visibilidade e credibilidade junto à opinião pública.
Essa experiência profissional proporcionou contato com diferentes públicos e oportunidade de atuar em várias frentes, possibilitando que se tornasse uma profissional de visão ampla e experiência diversificada.
Por meio de sua agência de Comunicação e Produção tem atuado de forma autônoma desde 2013, seja como consultora alocada em projetos e organizações ou em colaboração com outras agências e profissionais para atender a diferentes clientes.
Em 2020 foi convidada a retornar ao Instituto Baccarelli para liderar a área de Comunicação e Imagem, apoiando a organização em um momento de transformações e mudanças.

Luanda Bonadio

Possui experiência multidisciplinar com mais de 20 anos de atuação nas áreas de Marketing, Comunicação, Cultura e Terceiro Setor desenvolvida em empresas globais, equipamentos culturais e organizações sociais de cultura, em São Paulo e no Rio de Janeiro. Em 2011, viveu uma incrível experiência como bolsista do Programa Iberoamérica, um intercâmbio realizado pelo Ministério de Cultura da Espanha e Universidad Carlos III de Madri, visando à formação em Economia da Cultura de gestores culturais lationoamericanos. Mestre em Gestão Social com pesquisa em Investimento Sociocultural Privado pela PUC-SP e professora de Comunicação e Marketing, em cursos de pós- graduação (COGEAE), na mesma universidade. Como empreendedora criativa, criou o Atitude +, um canal com o objetivo inspirar, informar e compartilhar experiências culturais significativas às pessoas.

Janaina

Produção Executiva

Apesar de nascida na capital, sou cria do interior do estado de SP – menina crescida nas ruas de Birigui e Bauru. Após uma carreira executiva de mais de 20 anos em grandes multinacionais, passei pelas áreas de produto e marketing até cair de amores pelos eventos. Com sangue de produtora, eu me encontrei de vez na profissão quando, já batuqueira, me embrenhei, 10 anos atrás, na organização do que é hoje um dos maiores carnavais de rua do mundo: os blocos de São Paulo. Produzi do meu casamento a grandes convenções, passando por ajudar a colocar na rua 500 mil pessoas se divertindo no Galo da Madrugada. Montar times eficientes (porque em eventos nada se faz sozinho…), planejar e executar com foco nos resultados (“pero que sem perder la ternura jamas”) são minha expertise/prazer. Outras paixões: meus amigos, o mato, meus cachorros e minha família. Ser feliz é o propósito e corro atras disso todos os dias. Entrei nesse projeto incrível com alma e coração, porque acredito que a cultura e a economia criativas são inclusivas, diversas, sustentáveis e configuram potenciais agentes transformadores da sociedade, pois geram renda e oportunidades. Meu lema? Tamo junto e vamo que vamo.

Tico Marcondes

Direção Artística e Técnica

Formado em Relações Públicas, é Sócio-fundador do Evente-se Educação, foi colunista do blog Versátil e cursa a Pós Graduação em Psicologia Transpessoal. Com 20 anos de experiência em logística, produção, atendimento, direção artística e gerenciamento de conteúdo em eventos já atendeu clientes como Natura, Pernod Richard, Leroy Merlin, Lacta, Ferrero Rocher, Flora, Editora Abril, Valor Econômico, Aché, Volkswagen, Novartis, Upfit, Sanofi, Itau, Bayer, Bradesco, Santa Helena entre outros.Já tem mais de 30 eventos digitais somente em 2020 já realizados, sendo responsável por direção artística, roteirização e gerenciamento de conteúdo, sendo que o evento digital Mulheres Gestoras da Editora FTD recebeu o Jacaré de Bronze do Prêmio Caio 2020. Foi professor do Curso Básico Em Organização de Eventos do SENAC e integrou a equipe de treinamento da Federação de Bandeirantes do Brasil – SP . Como profissional de eventos atuante percebeu a necessidade de capacitação e reciclagem para quem trabalha na área, tanto clientes, fornecedores, agências e profissionais da área. Desde 2014 é Palestrante sobre a área de eventos para profissionais e iniciantes na área de eventos no Lacte, WTM em São Paulo e em universidades de São Paulo, Curitiba, Itu, Atibaia, Santos, São Bernardo, Bauru, Itu e Taubaté Em 2017 fundou junto com Fernando Rabello o Evente-se Educação, que hoje é referência na formação e capacitação para o mercado de eventos.

Joice Gitahy

Administrativo Financeiro

Bacharel em Administração pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Há mais de 16 anos atua na área administrativa e financeira, assessorando a gestão de organizações privadas, do terceiro setor e de projetos aprovados em Leis de Incentivo (Lei Rouanet/PROAC). Já assessorou o Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM) e foi responsável pela gerencia administrativa e financeira do Instituto Rodrigo Mendes (SP). Ampla experiência em todas as rotinas administrativas e financeiras (fiscal, contábil, jurídica e RH) de empresas privadas e OSCIPs, e em leis de incentivos, convênios e acordos governamentais.

Edu Barcellos

Direção Cinematográfica

Sou arquiteto de formação, com cursos de especialização em fotografia e video. Comecei a trabalhar em 1976 com produções audiovisuais, fotografia, assistente de direção de documentários e fui sócio de uma produtora de mídia interativa. Em 1983 fundei a Fotocontexto – Fotografia e Cinematografia Ltda, onde trabalhei inicialmente com fotografia, ampliando posteriormente a atuação para produção de vídeos e documentários.

Vitor Lafer

Edição

Vivamus et lobortis mi. Vivamus commodo dapibus ipsum. Curabitur rhoncus id felis sed consectetur. Fusce efficitur vestibulum finibus. Fusce varius aliquet magna nec hendrerit. Proin et finibus massa. Proin tempor tellus ut arcu luctus varius. Pellentesque ornare semper maximus. Mauris ut justo quis arcu malesuada aliquet in finibus tortor. In bibendum nulla eu aliquam tempus. Nulla non vehicula mi. Vivamus in convallis quam. Duis vitae lorem mi. Aenean felis ipsum, sodales at euismod non, luctus eget diam. Aenean bibendum, nisi a mollis rhoncus, magna ligula maximus arcu, id pretium est ex et orci.

Francisco Kanaan

Contador

Há quarenta anos no mercado de trabalho de contador e auditor. membro do Conselho de Empresas, consultor em Gestão Empresarial e especialista em Organizações da Sociedade Civil. Trabalhou durante 10 anos em um grande grupo empresarial e, atualmente, é sócio da Kanaan Contabilidade e Fiscal.
Skip to content